ITABIRA
ITABIRA
Investimentos em saúde em 2017 ultrapassam R$ 122 milhões
02/03/2018 às 19:07:55
ITABIRA (MG) - Apesar de dívida do Estado com o Município e a brusca queda da arrecadação, a Prefeitura de Itabira priorizou investimentos em saúde e os recursos aplicados na área ultrapassaram os R$ 122 milhões em 2017. Os dados foram apresentados na quarta-feira dia 28 de fevereiro, durante a audiência pública da Saúde referente ao 3º quadrimestre de 2017.
Os valores foram distribuídos da seguinte forma: 57% na assistência hospitalar e ambulatorial (Hospital Nossa Senhora das Dores, Hospital Municipal Carlos Chagas, Policlínica, Centro de Reabilitação, Samu, Pronto-Socorro, Centro de Especialidades Odontológicas, Pronto-Socorro Odontológico, exames de diagnóstico e laboratoriais), 19% na atenção básica, 2% na vigilância epidemiológica, 2% na vigilância sanitária e 20% nos demais setores (transporte sanitário, gestão, farmácia, suprimentos e logística).
Os números da produção assistencial foram bastante expressivos conforme o consolidado. No último quadrimestre de 2017 foram feitas 2.772 internações, ofertados 181 mil exames de diagnóstico, 62.469 atendimentos de urgência e 76.518 atendimentos especializados.
 
Dívida
O consolidado do 3º quadrimestre de 2017 revelou um dado surpreendente: o valor da dívida que o Governo do Estado tem com o Município de Itabira. De acordo com o documento, em 10 de setembro de 2017, a dívida – repasses legais que deveriam chegar a Itabira – do Estado com o Município era de R$ 15.627.447,98, segundo cálculo do Conselho de Secretarias Municipais de Minas Gerais (Cosems). No final de 2017, este valor se aproximou dos R$ 17 milhões.
“Em razão da falta destes repasses, o Município foi pontual e, dentro de suas condições financeiras, fez um aporte maior para financiar a saúde, porque senão, os serviços parariam”, explicou Rosana Linhares Assis Figueiredo, secretária Municipal de Saúde.
A falta do financiamento por uma das esferas de governo afetou diretamente os prestadores de serviços, trabalhadores e população em geral. “Todos dependem dos recursos para ofertar a assistência. Foram meses muito difíceis, mas, chegar ao final do ano e comprovar que o enorme esforço na manutenção da rede evitou a interrupção de serviços essenciais e permitiu produção de melhorias, foi muito gratificante”, finalizou Rosana Linhares.
 




ÚLTIMAS NOTÍCIAS
CASAL AFOGADO
14/11/2018 às 22:54:53 Casal morre afogado no rio Santo Antônio que corta a cidade de Ferros

ENEM 2018
12/11/2018 às 23:21:34 MEC anula uma questão da prova de Matemática e suas Tecnologias do Enem 2018

TRANSFERIDO DE HELICÓPTERO
08/11/2018 às 21:06:26 Moto-taxista é transferido de helicóptero para Belo Horizonte após bater cabeça em poste

CAMINHONETE LOCALIZADA
08/11/2018 às 15:50:14 PM encontra no Palmital a caminhonete tomada de assalto no Santa Ruth

DENUNCIA ANÔNIMA
08/11/2018 às 15:17:25 Polícia Militar apreende droga e pistola municiada no Monsenhor José Lopes

ACORDO COLETIVO
07/11/2018 às 22:35:35 Sindicato Metabase de Itabira rejeita proposta salarial da Vale para 2019

CULTURA EM ITABIRA
07/11/2018 às 21:31:46 2º Festival Drummond e 17ª Semana Drummondiana reúnem um público de 6,5 mil pessoas durante sete dias









© FATOS DE MINAS 2018. Todos os Direitos Reservados. WEBMAIL
CNPJ: 30.223.105/0001/70
E-mail: contato@fatosdeminas.com.br |
Contato