POLÍCIA
ESTUPRO NO GABIROBA
Suspeito de estuprar adolescente de 14 anos no Gabiroba é preso pela PM
22/05/2018 às 10:21:36
ITABIRA (MG) – Um homem de 29 anos foi preso sob suspeita de ter estuprado uma adolescente de 14 anos, quando a mesma saía de sua casa no bairro Gabiroba.
 
O ESTUPRO – Segundo informações, por volta das 16h40 de segunda-feira dia 21 de maio de 2018, uma adolescente saia de sua casa no bairro Gabiroba, quando foi surpreendida por um homem com o rosto tampado por um capuz, que simulando estar armado, obrigou a jovem a retornar para a residência.
Dentro de casa a jovem teria sido obrigada a deitar no sofá, em seguida o estuprador teria tocado em seus seios e na sequencia tentou praticar a conjunção carnal, que só não consumou, devido a adolescente ter sentido dores e gritado, fazendo com que o agressor desistisse da ação e fugido tomado rumo ignorado.
 
SUSPEITO PRESO – Assim que tomaram conhecimento do crime, policiais militares iniciaram um intenso rastreamento, quando conseguiram abordar um suspeito de 29 anos, na manhã de terça-feira dia 22 de maio de 2018, no mesmo bairro onde ocorreu o crime.
A jovem foi colocada em um carro para não ser vista pelo suspeito e quando visualizou o abordado, teria entrado em pânico e afirmado que seria ele o autor do estupro contra ela. A adolescente teria reconhecido pela fisionomia e por uma tatuagem no braço do suspeito.
Diante do reconhecimento, o suspeito foi levado à Delegacia de Polícia Civil de Itabira e entregue ao delegado de plantão. O rapaz nega o crime.
 
ACUSADO INJUSTAMENTO NAS REDES SOCIAIS - Juliano Márcio Martins do Carmo, 35 anos, procurou a delegacia de Polícia Civil de Itabira, por volta das 14h de terça-feira dia 22 de maio de 2018, para registrar uma ocorrência de calúnia, porque segundo ele, várias pessoas compartilharam suas fotos em diversos grupos de WhatsApp e no Facebook, lhe acusando de ter sido o autor do estupro da adolescente no bairro Gabiroba.
Juliano Márcio explicou que ao visualizar suas fotos nas redes sociais lhe acusando do crime de estupro, teria entrado em pânico, temendo pela sua integridade física, uma vez que o crime comove a população e também pela sua integridade moral perante a sociedade.
Segundo a polícia, o caso vai ser investigado e as pessoas identificadas poderão ser acionadas judicialmente e enquadradas no artigo 138 do Código Penal Brasileiro, referente a calúnia, que é acusar alguém publicamente de um crime que não cometeu.
Na delegacia, Juliano Márcio apresentou copias de algumas publicações, uma delas até afirmando que ele é um homem perigoso. Ele disse que já entrou em contato com o seu advogado e que irá acionar judicialmente as pessoas que compartilharam as informações sem fundamentos contra a sua pessoa.
 
CRIME DE ESTUPRO - De acordo com o Código Penal Brasileiro em seu artigo 213 (na redação dada pela Lei nº 12.015, de 2009), estupro é: constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso.
FABIANO PALAURO – FATOS DE MINAS




ÚLTIMAS NOTÍCIAS
CONCESSÃO DE FERROVIAS
18/09/2018 às 16:14:29 Presidente do Metabase defende Itabira em Audiência Pública da ANTT em Brasília

PROGRAMA DE ESTÁGIO DA VALE
17/09/2018 às 10:52:12 Do total de vagas oferecidas em Minas Gerais, 20% estão em Itabira

INTERCÂMBIO
17/09/2018 às 09:47:35 Secretário visita startups e incubadoras de empresas em Curitiba

BOAS NOTÍCIAS
10/09/2018 às 17:01:45 De janeiro a julho Itabira registra saldo positivo em empregabilidade

CNH POPULAR
13/09/2018 às 08:39:37 CFC Mariana promove a 2° Edição do Programa CNH Popular neste final de semana 15 e 16 de setembro

POR CAUSA DE CACHAÇA
12/09/2018 às 09:32:41 Homem desfere golpe de faca em cliente de bar que queria pinga fiado

CAPOTAMENTO DE ÔNIBUS
12/09/2018 às 09:08:39 Itabirana morre em capotamento de ônibus em Congonhas









© FATOS DE MINAS 2018. Todos os Direitos Reservados. WEBMAIL
CNPJ: 30.223.105/0001/70
E-mail: contato@fatosdeminas.com.br |
Contato